27 novembro 2009

bronquite

E para juntar ao cocktail, mais um antibiotico, ultralevur e xarope para a tosse. Bronquite diagnosticada, e desculpa la filha, mas isto esta bera...

O medico do centro de saude passou-me tambem todas as analises do terceiro trimestre, e deu-me o papel da isencao. Nesse aspecto correu tudo bem e sem complicacoes. Juntou mais umas analises que achou por bem fazer.

Com tudo isto, o segundo aniversario da operacao ao estomago e hoje e passou despercebida. Nao me arrependo de a ter feito, mas neste momento digamos que estou um bocadinho abalada com isto tudo para me apetecer celebrar...

26 novembro 2009

a Laura deve nascer as 37 semanas

´Temos de controlar essa diarreia.´ Tres medicamentos para ver se conseguimos, dieta sem gorduras e muito arrozinho de doentes, nada de laticinios nem legumes. Perdi 5 kg certos desde as 22 semanas. Barriga so bebe, mas aparentemente ela esta bem e recomenda-se. Catrefada de analises para fazer, e ver se preciso de ferro intravenoso.

Parto sera provavelmente de cesariana e o mais rapido possivel, pois o medico tem medo de me sujeitar a uma inducao ou parto normal. Infelizmente e como nao posso com uma gata pelo rabo, acho eu propria que nao tenho forcas para a por ca fora de qualquer outro modo... :-(((
Ainda nao esta agendado, mas tudo aponta para que a Laura nasca as 37 semanas, na semana entre o Natal e o Ano Novo.

Nova consulta dia 10, depois de fazer a ecografia a 3 de Dezembro.

23 novembro 2009

telegrama

Viagem correu bem. STOP.
Dores mais ou menos sob controle. STOP.
Continuo com diarreia e a perder peso (ha quase um mes. and counting). STOP.
Bronquite em desenvolvimento. STOP.
Tenho consulta com o obstetra a 26. STOP.

20 novembro 2009

e as 32 semanas

a piquena esta com um peso estimado de 2100g. Grande portanto, e a crescer como se quer apesar das doses monstruosas de medicamentos que tenho enfiado goela abaixo. E e ja daqui a dois dias que vamos para Lisboa...

16 novembro 2009

Christmas Wishlist

E como tambem sou gente e esta quase quase ai, aqui vai a minha listinha para o Pai Natal. Claro que isto e depois de muita saude para todos e uma bebe cheia de vida...

#1. Tefal actifry

#2. Cadeira Poang da Ikea com o respectivo banquinho para os pes
#3. um relogio novo, que o meu deu o berro
Pode ser um destes, no mesmo estilo que o que tenho/tinha.

fritos e molhos

Sempre fui daquelas pessoas que prefere doces. Desde miuda, a escolha entre um pastel de nata e um croquete sempre foi obvia.

Na gravidez da Alice continuei assim (e provavelmente isso ajudou ao ganho brutal de peso!). Mas nao agora. Doces nao os suporto. E dou comigo a querer comer coisas salgadas, coisas que habitualmente nao como ou nem aprecio. Tenho vontade de fritos (croquetes, pasteis de bacalhau- ai que saudades), batatas fritas- de pacote ou nao, nao estou esquisita- e de molhos. Tenho comido latas de sardinhas entre refeicoes (assim sem mais nada!) e ontem dei comigo a comer tangerinas- das poucas frutas de que realmente NAO gosto. Claro que nao cedo a tudo isto, ate porque com a diarreia que tenho desde que sai do hospital, fritos e molhos sao mesmo contra-producentes e arrependo-me sempre quando me deixo ir...

Nao sei se sao os tais desejos de gravida, se e a anemia a falar por mim, mas que isto esta um bocado esquisito, la isso esta.

patas de elefante

Ontem decidi fazer um risotto de abobora com figado para o jantar.
Resultado?! Duas patas de elefante! Estou com as pernas/pes inchadissimos, e nao passou com a noite (mal) dormida. Ontem pus meias de contencao, mas nao pareceu ajudar muito... E acho que sei a que se deve grande parte do peso que recuperei entretanto!

PS: a comida estava uma delicia, valha-nos isso...

15 novembro 2009

da embutidinha

A pequenota embutida esta cada vez mais crescida, e sinto menos revolucoes agora que esta com menos espaco. Muitos solucos e uns pes/cotovelos a 'navegar', e a barriga desceu claramente nestes dias (um pouco cedo, nao?!!). Na sexta vou fazer uma ecografia ainda por ca, para verificar que continua a crescer normalmente e que nao esta a ser (muito) afectada pelo meu estado ou pelos medicamentos que engulo goela abaixo todos os dias.

14 novembro 2009

Sogras

A minha esteve ca por 3 semanas. Quando fui hospitalizada o pai ainda tentou manter o barco a navegar sozinho, mas acabou por pedir socorro. A mae dele largou a quinta e o marido e veio, inicialmente por uma semana. Lavou, cozinhou, limpou, passou a ferro, brincou/cozinhou/pintou/passeou/plantou flores com a miuda... Enfim, manteve a casa em pe, tratou do jardim e fez a miuda feliz. O voo de regresso foi adiado duas vezes, os animais e o marido que se aguentem que aqui o 'fogo' esta dificil de acalmar.

Quando vim para casa continuou a governar ela a casa, eu pouco contribui. Fui fazendo uma sopinha aqui, outra coisita ali, mas nao podia com uma gata pelo rabo de qualquer modo. Lavou janelas, aspirou o carro, lavou cortinas, ... e eu gostava de saber onde e que vai buscar aquela energia toda. Porque me dava jeito um bocadinho. Deixou o congelador cheio de comida pronta para me ajudar nesta ultima semana por ca, limpou a casa toda no ultimo dia e lavou e passou toda a roupa. E acho que nunca lhe poderei agradecer o suficiente. A miuda vai sentir-lhe a falta, certamente, e acho que eu tambem... Vamos a ver como corre a semana que vem.

10 novembro 2009

post mais que desactualizado

A minha bruxinha preferida, com os muffins que fez com a avo:

E a abobora que ela fez com o pai:

Eu sei que Halloween ja la vai, mas nao estava famosa nessa altura...

08 novembro 2009

voos alterados

Dia 22 de Novembro vamos para Portugal. O meu irmao vem-me buscar duas semanas antes do previsto, dados os ultimos acontecimentos nao posso arriscar-me a ficar sozinha com a miuda. A minha sogra vai embora no sabado que vem, e na semana a seguir o M. vai ter de tirar ferias ou trabalhar de casa. Espera-se que me sinta ja um pouco mais forte, mas de qualquer modo e para prevenir, estamos a congelar comida pronta para ser mais facil para mim. Sinto-me uma perfeita inutil neste momento...

07 novembro 2009

ja encomendada

esta a cadeira do carro para a Laura, com a base Easybase. Escolhemos esta,
que para alem de ser facil de por e tirar do carro, encaixa no Quinny Zapp que era da Alice. A cadeira destas que tinhamos para a Alice nunca me satisfez, era da Jane e nao ficava quieta no assento do carro. Varias vezes a miuda ficou com os pes quase entalados entre a cadeira e o assento, e por isso era das pouquissimas coisas que queria comprar.

06 novembro 2009

peso

O meu peso continua calmamente a descer. Estou, as 30 semanas, exactamente com o mesmo peso que tinha as 20, ou seja, so 1,7 kg a mais do que quando engravidei. Nao e que me preocupe com o facto por si so, ainda posso separar-me de mais uns bons quilitos sem angustias nem remorsos. O problema e que nao estou a reter nada do que como nem bebo, e preocupa-me se a bebe tem tudo o que precisa. Segundo a medica daqui quando lhe disse que tinha emagrecido 3,6 kg em pouco mais de uma semana, 'como nao estou a beira da anorexia isso nao e preocupante'. Sinto-me um pouco melhor, mas continuo muito muito cansada. E isso so pode ser porque continuo a perder liquidos e peso a velocidade da luz e apesar de comer, nao fixo nada. Preocupo-me se ela tem liquido amniotico suficiente, se esta a crescer como ate aqui, se, se, se...
Ai.

03 novembro 2009

e porque as coisas nao correm necessariamente como gostariamos

... estive internada mais uma vez, desta feita aqui mesmo em Inglaterra e por quase 10 dias. Os sintomas foram os mesmos de quando estive em Munique, dores abdominais muito fortes e vomitos. Depois de dois dias a coisa tornou-se mais seria em vez de melhorar, as dores tornaram-se insuportaveis e migraram para as costas. Nao tinha posicao, nao comia nada, nao dormia e estava com dores constantes que me puseram fora de mim. Acabei a morfina, foram-me dadas injeccoes para a maturacao dos pulmoes da bebe e um dos cenarios provaveis era um parto (muito) prematuro. Depois de duas crises agudas de dores e tres dias de morfina, la consegui comecar a pensar por mim propria outra vez. As dores acalmaram, e consegui comecar a recusar a morfina. Isso foi a deixa de que eles precisavam para me dar alta, e eu aceitei de bom grado, pois nunca tive experiencia mais horrificante num hospital do que esta.

Diagnostico nao ha, depois de ecografia, ressonancia magnetica e endoscopia. Pensa-se que isto seja devido a operacao ao estomago de ha dois anos, que o utero esta a exercer pressao sobre as cicatrizes e isso provoca espasmos no estomago e intestino. Se assim for, pode voltar a acontecer a qualquer momento e a tendencia pode ser a piorar com o avancar da gravidez. Para ja aguento-me com a medicacao que me deram para as dores, mas sinto-me muito fraca. Estou a comer, finalmente, mas nao estou a absorver nada e ja perdi muitos liquidos desde que sai do hospital na quinta a noite. A Laura esta bem e recomenda-se (as 29 semanas pesa 1550g!), mas eu nao aguento com uma gata pelo rabo. A minha sogra esta por ca ate ao fim-de-semana, e e o que me tem valido porque nao consigo fazer nada. Estou com 3 kg a mais que no inicio da gravidez, e desde quinta ja emagreci 2.5 kg.

A minha sogra esta a lavar as coisas da bebe a todo o vapor, e o mais certo e anteciparmos a ida para Portugal (que estava marcada para o inicio de Dezembro). Se chego ao fim da gestacao ou nao e uma incognita, mas obviamente preciso de ajuda ate la... Desculpem a minha ausencia por aqui e pelos vossos cantos. Vou dando noticias como puder...