27 fevereiro 2008

bolinhas-sabao

Leonor do bolinhas-sabao, se ainda les este blog podes remandar-me o convite para o teu blog http://devez-emquando.blogspot.com/?
So o vi hoje, e ja passaram 30 dias... Nao uso muito aquele email, e foi idiota po-lo no blog como contacto. Ja pus no meu perfil o endereco que uso sempre!
Gostava imenso de te voltar a ler!

3 meses

Faz hoje 3 meses que fui operada. Ontem tive consulta de controle no hospital, fiz analises de sangue e fizemos um balanco dos tres primeiros meses e da alimentacao que tenho agora. Tudo optimo, a parte de uma ligeira anemia (la vou eu ter de tomar ferro... snif snif).

-23.5 kg, e em termos de volume -100 cm de circunferencia no corpo todo, -3 tamanhos de calcas. Nada mau, digo eu... Nao tenho fome, como pouco mas de tudo ja e tenho de ter cuidado com os acucares e as gorduras que nao sao bem tolerados. Sou uma gulosa nata, mas tenho sido muito cuidadosa e a verdade e que nem me apetece comer doces nesta fase.

Balanco? MUITO positivo, sinto-me muito melhor fisica e psicologicamente, tenho mais energia e menos cansaco, nao tenho fome. Esta operacao foi a melhor coisa que poderia ter feito pela minha saude! Que continue assim ate conseguir chegar ao meu peso ideal!

26 fevereiro 2008

mais uma acha para a fogueira

Para ajudar a festa, o maridinho foi promovido com aumento substancial de salario... em Londres. Vamos la a ver onde e que isto vai parar...

E por falar em Londres, na quinta estamos de abalada para la, vamos celebrar os aniversarios da pequenota e do papa (3 dias depois) juntos la por terras de S. Majestade. Voltamos so a 9/3. Espero que o tempo esteja tao bom como aqui, a Primavera comeca a dar um arzinho da sua graca finalmente!

25 fevereiro 2008

isto sem acentos...

… está-me a irritar!!! Já não sei escrever com acentos desde que uso email, mas aqui no blog fica meio esquisito. Acho que vou tentar mudar isso a partir de hoje.

23 fevereiro 2008

(In)decisoes

Pois e, isto esta mesmo uma confusao...

Londres ja nao e certo, o M. teve uma proposta para ir trabalhar para Berlim, supostamente com condicoes muito parecidas com as que tem em Londres. Como a vida em Berlim e sem duvida muito mais barata e menos agitada do que em Londres, estamos a considerar a proposta seriamente. Ele ja me tinha dito que lhe apetecia voltar para casa, para a Alemanha, mas nao pensei que fosse para tao breve...

Eu tinha vontade de ficar uns meses em casa, para cuidar um pouco de mim, inscrever-me num ginasio, fazer coisas de que gosto por uns meses sem o stress do trabalho. A maior parte das creches por la so estao abertas metade do dia, por isso a Alice teria contacto com outras criancas e depois a tarde estaria comigo. O unico problema de Berlim (alem do tempo, mas isso nao creio que faca diferenca quando a alternativa e Londres!) para mim e mesmo a lingua, pois se queria pensar na minha vida e talvez mudar de rumo profissional, o alemao nao e a lingua que domino melhor- da para o dia-a-dia, mas no trabalho falamos ingles...

O fim do meu contracto tambem nao e certo, especialmente porque tenho 2 artigos para escrever e isso e no meu maior interesse- ou seja, se a minha chefa nao me quiser pagar vou provavelmente trabalhar de graca por umas semanitas.

E a mudanca em Abril foi adiada para Maio, para dar mais tempo a questao 'para onde mudar' se resolver. E um pouco dificil organizar uma mudanca sem saber para onde... eh ehe eh

Dilemas... Tempo de grandes (in)decisoes nesta freguesia!

22 fevereiro 2008

e tambem boas!

(fotografia retirada)

E continuando o post de ontem, nao quero que pensem que mae desalmada sou, nem uma palavra acerca da minha pestinha... claro que tambem tenho boas recordacoes! O dia 1 de Marco de 2005 foi o dia mais feliz da minha vida! Quando puseram a minha filhota em cima da minha barriga e eu pus a mao na cabecinha cheia de cabelo escuro dela, senti o meu coracao explodir de felicidade... Nao ha palavras que descrevam o que se passa no nosso interior, apesar do cansaco, das dores. Naquele momento, esqueci-me de tudo.

E sim, valeu a pena... Tenho a minha bonequinha que me enche a vida e o coracao. Mas numa proxima gravidez vou ter a certeza que o bebe nao nasce com 5 kg, nem que tenha de ameacar o medico para que ele provoque o parto as 38 semanas! ;-))))

21 fevereiro 2008

do parto da Alice...

tenho algumas duras recordacoes. Claro que no fim tudo vale a pena, mas nao me esqueci. E continuo a querer mais filhos... ;-)))

Dado que esta quase a fazer 3 anos que tudo aconteceu e em sequencia do pedido de detalhes da Edith, vou contar-vos o que se passou...

DPP: 1 de Marco de 2005 (data francesa, que e diferente da do resto do mundo, eles nao fazem NADA antes disso e corresponde a quase 42 semanas)
40 semanas: 18 de Fevereiro

Bebe muito grande (percentil 90) ja na ecografia das 32 semanas
Ultima consulta no inicio de Fevereiro, onde me observam os ossos da bacia, para ver se o bebe passa. Nao era a minha medica, e o comentario (inutil e contra-producente) foi 'Os seus ossos estao optimos, mas se a bebe tiver 4,5 kg nao sei se passa'. Ah e tal, optimo. E faz-se nova ecografia para ter uma estimativa do peso? Nao, espera-se. Pro engorda (dela e meu!).

Dia 24/2, falso alarme. Fomos ao hospital ja a noite, porque eu estava com contracoes regulares (5 em 5 min). CTG e sim, contracoes mas nada de muito forte. Nao estou em trabalho de parto ainda, tudo bem fechado e bebe muito alta.

Domingo 27/2 pelas 11 da manha noto que estava a perder liquido amniotico. Pensei eu, isto agora vai comecar a andar. Por esta altura ja nao aguentava mais, so queria que ela nascesse. Tomei um duche e fomos para a maternidade (tinham-nos dito que por causa do risco de infeccoes deviamos ir imediatamente). Confirmaram que a bolsa estava efectivamente rota mas a perder lentamente, CTG para ver como esta a bebe, puseram-me num quarto e 'aguardemos'. Eram umas 15h. Boa, mais valia ter ficado em casa. Nunca mais ninguem me foi ver, fazer CTG ou o que quer que fosse. Almocei porque o M. foi comprar-me alguma coisa para trincar, nao me trouxeram jantar e as 22h resolvi chamar para saber se ainda haveria inducao naquele dia ou pelo menos deem-me o jantarinho bolas! La mo trouxeram, e disseram-me que ja nao iam fazer nada naquele dia- que surpresa. Dormi, tinha muito poucas contracoes.

As 6 da manha do dia 28 perdi o rolhao mucoso e comecei a ter contracoes a serio. O trabalho de parto tinha comecado sozinho. As 11h vieram por-me o gel para inducao, para acelerar as coisas. Optimo. So que o maldito coiso saiu tres vezes, a ultima das quais acabou no fundo da retrete. E nao acelerou NADA, continuamos a passo de caracol e so me diziam que deviamos esperar. 2 dedos de dilatacao, muitas contracoes muito dolorosas! Chegamos a noite e a coisa nao avancava, eu estava com imensas dores e a respiracao ja tinha ido mais ou menos para o galheiro por causa do cansaco. Claro que nao comi nem bebi nada o dia todo.

As 5 da manha do dia 1 continuava com 2 dedos. Eu ja nao aguentava mais, com contracoes seguidinhas ha quase 24 horas. Ofereciam-me morfina para as dores, que eu rejeitei, e o meu marido ja nao aguentou mais e foi la falar com elas. Levaram-me para a sala de partos e puseram-me a oxitocina- inducao a serio, finalmente!!! Ainda tentei sem epidural, mas o cansaco ja era tanto que eu so me apetecia chorar a cada contracao. As 7 da manha pedi epidural, deram-ma as 9. Que alivio! Dormi um pouco, acordei com a explosao da bolsa. Perdi um bocado a nocao do tempo, ja nao sabia a quantas estavamos, mas pelo menos a dilatacao avancava!

A uma dada altura o efeito da epidural passou, e entrei em verdadeiro desepero. O cateter saiu do sitio, tive de ser picada outra vez contorcendo-me com dores. Nao sei como o anestesista conseguiu a proeza. Deram-me outra anestesia mais rapida para aguentar, e as coisas acalmaram outra vez. Lembro-me que as 16h a dilatacao estava praticamente completa, mas a bebe estava muito alta e com a carinha no sentido errado. Puseram-me em acrobacias, com pernas na perneira oposta e esperamos mais um pouco.

A expulsao... Tinha uma parteira literalmente em cima da minha barriga para empurrar a bebe para baixo, mais uma parteira a ajudar e uma medica a fazer o parto. Depois de uns empurroes valentes em que ela descia e voltava a subir, a medica ameacou com cesariana. Deu-me uma coisinha ma, agora depois disto tudo querem fazer cesariana? Devem estar a brincar comigo!!! Ela nasceu pouco depois, as 18.34 de 1 de Marco, depois de uma maratona de 36 horas de trabalho de parto. Quando a pesaram (5330g, 55 cm) disseram que se soubessem que era tao grande teria ido direita para cesariana...

E eu pergunto, porque e que nao quiseram averiguar? Bastava ter feito uma ecografia... A clinica onde ela nasceu e completamente pro-parto natural, mas tambem nao e preciso exagerar. Ha casos em que a cesariana e necessaria, e o meu talvez tivesse sido um deles. Mas ao mesmo tempo, e sabendo que tudo correu bem e nao houve consequencias para nenhuma de nos as duas, fico contente por ter tido a Alice de parto natural.

(desculpem la o testamento, mas aproveito e deixo a coisa registada- nao escrevi nada em lado nenhum, e aos poucos com a velhice a minha memoria perde detalhes...)

19 fevereiro 2008

tagarela

A Alice fala tanto, mas tanto, que as vezes me da dores de cabeca... e isto tudo numa mistura incrivel de alemao, portugues e alices (lingua que nem eu entendo!). A brincadeira, em geral, e em alemao, mas eu tento limitar o alemao que ela fala comigo (ate porque dentro de algum tempo o MEU alemao nao vai dar conta do recado!). Digo-lhe que nao percebo, e ela repete em portugues.

As viagens de carro de e para a escola, pelo contrario, sao incrivelmente silenciosas. Nao quer musica, nao quer conversa, fica ali perdida no que ve, nao fala, nao responde. E devo confessar que gosto, um pouco de calma e silencio no turbilhao da vida de uma pestinha energetica e tagarela de quase 3 anos. Um pouco de calma e tempo para eu pensar com os meus botoes, sem ser interrompida. Nao dura muito, mas da para recarregar energias. E faz bem as duas.

16 fevereiro 2008

fase cor-de-rosa

Hoje fomos comprar canetas de feltro novas, as dela estavam todas secas e eram grande fonte de frustracao. Assim que chegamos a casa comecou a juntar as novas e velhas de cada cor e, como sempre, a grande era a mae e a pequena o bebe (o conceito de grande e pequeno nao existe, e mesmo mae/pai e bebe, incluindo objectos inanimados!).

Ja a mesa, acerca da familia das canetas pretas (eram 3, de tamanhos e formas diferentes),

Ela: E a mae preta, o pai preto e...
Eu: e a Alice preta. ;-0
Ela: Nao, mae, eu sou rosi! O pai e preto, tu es castanha e eu sou rosi!

Pois e, acho que comecou a fase cor-de-rosa...

PS: Eu, castanha? Porque? E o pai preto? Realmente ele ate e loiro e branquinho...
:-))))

14 fevereiro 2008

S.Valentim

Hoje ao sair da escola, havia tulipas amarelas para cada crianca dar a mae pelo dia de S.Valentim. Assim que me viu, lancou-se para a jarra e tirou uma. As educadoras vieram ajudar a escolher, e explicaram-lhe que tinha de ma dar e dizer Happy Valentine. Ela estava radiante, e agarrou firme na flor ao mesmo tempo que ma mostrava. Dei-lhe um beijinho, e ja no carro e vendo-a tao orgulhosa com a flor na mao tive a sensacao que ela nao tinha percebido que a flor era para mim...

- Oh Alice, mas entao essa flor e da mae, nao e? tu deste-ma.

- Nao! E da Alice.


Ah, ainda bem que nos entendemos. Nada de flores para mim. ;-(((

13 fevereiro 2008

irra que as doencas nao nos largam!

Segunda levei a peste ao pediatra. Bastante febre, tem otite. Aqui na Austria o pessoal da creche nao da remedios as criancas, por isso assim que tem qualquer coisinha temos de ficar em casa com eles. Enquanto tem febre ate percebo, mas se ja estao optimos e prontos para outra mas tem de tomar antibiotico por 10 dias, e mesmo mau que me forcem a ficar em casa com ela...

Entretanto estou a ficar doente outra vez- eu. Dores de garganta, tosse... enfim, ainda nem sai completamente de uma ja entramos na proxima. Xo doencas, xo, que eu ainda tenho muito trabalhinho para fazer ate ao fim do meu contrato a 15 de Marco!

ADENDA: tenho anginas. Mais uma vez a antibiotico... isto nao esta a correr como o previsto, este Inverno esta mesmo mau!

10 fevereiro 2008

fim-de-semana de molho

Eu ate ja estou melhor... ainda ranhocas e expectoracao, mas la se vai andando melhorzinho.

A Alice e que desde ontem esta com febre... e mais ranhocas e expectoracao. Espero que nao seja gripe, ate porque ela foi vacinada, mas se continuar assim amanha fico em casa com a peste. Tivemos um fim-de-semana sem sair, que ainda esta friozito por ca e com febre e que nao da.

Foi um fim-de-semana cheio de inspiracao para o disparate, isso e que foi. A tendencia foi para subir para cima de coisas e saltar. Com galos a mistura, claro esta!

Pois e, eu acho que quero ir trabalhar amanha...

09 fevereiro 2008

nostalgia

As saudades que eu tenho de uma coisinha destas... A Alice esta quase a fazer 3 anos, e a vontade que eu tenho de ter outro bebe pequenino nos bracos cresce sempre mais e mais. Nao sei se sao os bebes todos a minha volta ou se simplesmente o desejo de bebe ja la estava antes e nao pode ser concretizado.

Sei que momento mesmo certo nao ha, e quando foi da Alice nao tive tempo nenhum para pensar- quando vi ja estava, engravidei 1 semana depois do nosso casamento. Nao e que estivessemos activamente a evitar, mas tambem nao foi de proposito. Agora nao posso porque a operacao foi ha muito pouco tempo, eles aconselham a esperar pelo menos um ano. Ou seja, nada de pensar nisso ate Dezembro. A perda de peso e demasiado rapida, e pode fazer mal ao bebe.

Mas la vontade nao falta. Dezembro esta quase a porta, nao e? Ajudem-me la a convencer-me a mim propria.

08 fevereiro 2008

acerca das diferencas entre homens e mulheres ;-)

FUNCIONAMENTO DO CEREBRO FEMININO
(clicar na imagem)


Cada bolinha azul representa um pensamento relacionado com uma coisa a fazer, uma decisao ou um problema a resolver.

Os homens tem so duas bolinhas e elas ocupam todos os seus pensamentos.


Recebi isto de uma amiga e achei mesmo engracado! Nao sei se sao todos assim, mas os homens da (minha) casa nao sao mesmo capazes de fazer mais do que uma coisa de cada vez... ;-)